4.12.18

TBR de Dezembro e os livros mandatórios para qualquer Natal


Ah, o último mês do ano. Provavelmente o meu favorito de sempre. Sou um verdadeiro cliché no que toca ao querido Dezembro. Menina do Natal, apaixonada por listas, compromissos e resoluções, uma transição promissora para o ano que se avizinha, enfim. A partir do primeiro de Novembro já estou pronta para começar a rodar as playlists do Youtube à procura dos clássicos natalícios. 

Simultaneamente, também estou pronta para certas leituras (e filmes) propícias a esta época. Há uma certa saga que é sempre mandatória nesta altura, mas não só; Dezembro é o mês das últimas leituras, relacionadas com o Natal ou não, o que acaba por trazer sempre um entusiasmo muitas vezes confundido com puro terror porque queremos ler mais e mais e mais e mais. Não? Sou só eu? Tudo bem. Ainda assim, vamos falar sobre as minhas leituras de Dezembro. Com direito a jingle-bells e tudo.



A verdade é que há vários tipos de leitores, e eu faço parte daquela fatia que segue avidamente um desafio da Goodreads todos os anos, cujo objectivo passa por determinarmos um número no início de cada ano e cumprirmos com essas leituras até ao fim. Sou utilizadora dessa plataforma literária há mais de cinco anos e acho que só num ano é que não consegui cumprir com o desafio até ao fim. 

Este ano, no entanto, a coisa complicou-se. No início de 2018 prometi a mim mesma que iria ler 45 livros, depois de ter lido 40 livros em 2017. O problema chamou-se tese de mestrado, o Dementor que me sugou a felicidade durante este último ano da minha vida e que fez com que as minhas leituras atrasassem imenso. Neste momento conto com 34 livros de 45... Sobrando 11 livros que têm de ser lidos até ao final deste ano. Acho que até desse lado conseguem-se ouvir os sons típicos de qualquer filme de terror que chamam o pânico a roçar morte certa. 




A minha TBR para Dezembro com um cheirinho a mistletoe 


Ora, 11 livros não é assim tanto. Já li essa quantidade no espaço de um mês, dependendo do tipo de leitura que me apetece no momento. E da acessibilidade que tenho a esses livros, também. Prometi a mim mesma que não iria ficar chateada se não conseguisse cumprir o desafio da Goodreads porque, bem, foi por uma boa causa que as minhas leituras atrasaram, mas sei que este mês de Dezembro não vai ser de fácil acesso a livros novos por questões monetárias, fundamentalmente 🤷‍. Mas não quero pensar muito nisso por agora. O que interessa é ler, muito para lá de números. 

O twist deste mês, contudo, está relacionado com o Natal. Normalmente costumo fazê-lo de forma livre e sem seriedade, mas este ano resolvi organizar-me numa espécie de maratona, muito à semelhança daquilo que a Angie está a fazer. Sim, vocês adivinharam (e era tãããããão difícil): parte da TBR deste mês conta com a saga de Harry Potter. O choque. Pois bem. Aqui fica a lista de leituras que vou tentar cumprir até ao final de Dezembro:

  • O Poder* (2016), por Naomi Alderman. Um livro de ficção científica que já comecei mas que não me está a encantar muito. Ainda nem vou a meio, mas espero que o enredo melhore e me consiga prender de alguma forma. Aborda um fenómeno mundial onde todas as mulheres conseguem infligir uma dor excruciante através do toque;
  • City of Ashes (2008), por Cassandra Clare. Estou a tentar reler a saga The Mortal Instruments para conseguir começar as novas obras da autora, publicadas dentro deste universo mas com enredos distintos. Já li o primeiro, City of Bones (2007), e confesso que a história já não me cativa tanto como quando tinha 16 anos. Aquelas consequências chatas do meu gosto literário mais crescidinho. 
  • Children of Blood and Bone (2018), por Tomi Adeyemi. Um dos bestsellers de fantasia deste ano, e que está à minha espera desde a sua compra, na Feira do Livro de Lisboa. Passa-se num universo separado, com temas de vingança perante uma monarquia absoluta e cruel numa terra cuja magia parece ter sido roubada. Daqueles que chamam por mim!
  • Harry Potter e a Pedra Filosofal (1997), por J. K. Rowling. Já vou a meio deste nosso primeiro bebé e confesso que já comecei quase a chorar pelas cenas mais absurdas. Na verdade o bebé sou eu. Eu sei. 
  • Harry Potter e a Câmara dos Segredos (1998), idem.
  • Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (1999), idem.
  • Harry Potter e o Cálice de Fogo (2000), idem.
  • Harry Potter e a Ordem de Fénix (2003), idem. Talvez o meu favorito de todos. 
  • Harry Potter e o Príncipe Misterioso (2005), idem. 
  • Harry Potter e os Talismãs da Morte (2007), idem. 
  • A Discovery of Witches (2011), por Deborah Harkness. Fiquei viciada na série que estreou este ano e soube que tinha que adquirir os livros de alguma forma. Conta a vida de uma historiadora e bruxa, Diana, que descobre que os seus poderes são fora do vulgar ao mesmo tempo que acaba por ser a única capaz de invocar um livro poderosíssimo que, reza a lenda, possui a solução para a salvação de todas as espécies. 

Acham que vai ser muito difícil? Eu acho que sim. Mas também sei que quando estou no mood para ler, consigo devorar até mesmo as obras mais grandes. No final do mês (ou no início de Janeiro, ainda não sei muito bem como me organizar com as publicações de final de ano) faço o wrap-up daquilo que realmente li e o que faltou por ler. Até lá, vou afiambrar-me aos meus livrinhos. Mãos à obra! ❤


* O By the Library é um blogue afiliado da Wook e da Book Depository; ao adquirirem estes livros através dos links fornecidos, estão a contribuir com uma pequena percentagem para mim, potenciando o crescimento do nosso cantinho. Por mais leituras!

QUE LIVROS ESTÃO A PLANEAR LER EM DEZEMBRO?
SEGUE-ME NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • Youtube  Twitter • Pinterest 


8 comentários

  1. Estou a pensar ler todos os Harry Potters de novo! Não há melhor altura para o fazer que agora <3

    Beijinhos, Catarina | Blog // Instagram // Facebook // Bloglovin’ // Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta altura, de facto, pede sempre Harry Potter :) Boas leituras!

      Eliminar
  2. Tanta livro!! Ainda não li HP mas tenho Children of blood and bone para ler

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também acho que é muito livro, mas eu vou tentar acabá-los todos, ahah. Wish me luck!

      Eliminar
  3. Adoro os livros do harry potter
    *já sigo o teu blog
    Rêtro Vintage Maggie | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Os compromissos e o nosso estado de espírito podem ser grandes condicionantes para o nosso ritmo de leitura. Mas acredito que, com a energia certa, é possível chegar lá :)
    Não faço parte do Goodreads há tanto tempo, mas tenho conseguido cumprir as minhas metas, até porque gosto de as manter o mais realistas possíveis. Este ano achei que não iria repetir o feito, mas acabou por correr bem
    Tens aí uma bela seleção e acredito que vais conseguir atingir a tua lista. Força nisso :D

    r: Comecei a ler o livro dela no domingo e não consegui ir dormir sem terminar. É absolutamente incrível. Amor é mesmo a melhor palavra para definir a sua poesia *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Não é que já não o tenha feito anteriormente, é mais que não estou numa época em que me apeteça ler muito, pelo que atrasa logo muito as minhas leituras. Mas estou a fazer um esforço, vamos lá ver :)

      Eliminar

Latest Instagrams

© by the library. Design by FCD.