REVIEWS #1 // "Outlander" por Diana Gabaldon

20.9.17


Oh. Meu. Deus. Este livro... Eu nem tenho palavras para este livro. Nem sequer sei como fazer esta review sem parecer uma daquelas fãs esquisitas e obcecadas. Até porque sou uma dessas fãs. Já o viram em primeira mão quando falei sobre a série e agora aqui estou eu a falar do livro. Outra vez, Sónia? Bem, meus amigos, se começaram a ler e/ou ver a série, vão perceber porquê


Como já devem ter percebido devido à minha obsessão, Outlander é sobre Claire Randall, uma enfermeira que foi de lua-de-mel com o seu marido Frank Quem? Randall (desculpa Frankie, continuo a gostar muito de ti) para Inverness, Escócia. E, porque o folclore é real e não apenas mitos e lendas, Claire consegue de alguma forma viajar no tempo até 1743, onde conhece o amor da sua vida - também pode ser considerado o amor da minha vida, mas é segredo - Jamie Fraser. 

Este espécime lindo é visto como um fora-da-lei por um crime que ele não cometeu, muito graças a Jonathan Randall, também conhecido como Black Jack, um psicopata com fetiches sexuais assustadores que tem uma obsessão gigante por Jamie (same). E, como ele não consegue aceitar que o o homem é heterossexual (já mencionei que é também um antepassado de Frank?), ele decide perseguir Jamie a todo o custo e NÃO. OS DEIXA. VIVER. EM PAZ.


O que mais me maravilhou foi o quão fantástica é a escrita de Diana Gabaldon.

Nos meus muitos anos de leitura, sempre foi uma raridade encontrar escritores capazes de me fazer sentir como se estivesse realmente a viver a história e não apenas a lê-la. Apenas alguns, como Christopher Paolini ou George R. R. Martin conseguiram fazer isso. As suas descrições são lindíssimas e tão precisas que, a certa altura, estou completamente desligada to mundo real e viajei até à Escócia, 1743. A sério. É na verdade bastante simples: a autora tem um dom para escrever, e escreve com paixão. Sim, paixão. E NÃO NÃO ESTOU A FALAR DAS CENAS DE SEXO QUE SÃO SUPER HOT (recuso-me a usar adjectivos como picante ou ardente). Mas eu estou bem. Quando digo paixão, digo com profundidade e um carinho que conseguimos sentir na sua escritora. É isso. Yep. 

A complexidade das personagens também me surpreendeu. A perspectiva de Claire faz-nos entender o quanto ela queria voltar para o século 20, o quanto ela não queria apaixonar-se por Jamie, como só muitos meses depois ela conseguiu admitir a si mesma que não conseguia viver sem Jamie, independentemente do quanto ela também sentia falta de Frank. Estou muito contente por terem havido cenas que não chegaram à série, pois permitiu-me o elemento de surpresa e fez-me sentir algo verdadeiramente novo. 

SPOILER ALERT // No final do livro, o Jamie é capturado e torturado por Jack Randall, a recuperação e o trauma que lhe sucedem são muito mais detalhados no livro, o que foi algo DOLOROSO E LINDO?! Eu gosto de sofrer quando estou a ler, provavelmente já se aperceberam disso.


Algumas pessoas podem defender que o livro é demasiado longo e que existem demasiadas cenas de sexo. Compreendo isso e a razão porque pode ser um ponto negativo para ler o livro.

Mas honestamente - e vindo de alguém que não gostou de 50 Shades of Grey e desistiu passadas 10 páginas - este livro tem o equilíbrio perfeito entre romance, com só um bocadinho de erótica e drama, muitas muitas lágrimas e rezas satânicas para fazer com que homens reais sejam tão românticos e tão, bem, tudo como o Jamie Fraser (um dia destes vão ler uma notícia do CM cujo título vai ser "Homem mata namorada com ciúmes de uma personagem de um livro", rezem por mim também).

Portanto, se vocês são o tipo de pessoa que gosta destes tópicos, Outlander é para vocês! Quanto a mim, já estou a ler o segundo livro - que conseguem ver na imagem acima.

NÃO ANDO OBCECADA COM ALGO DESTA FORMA DESDE OS MEUS 14 ANOS. Sinto-me uma criança a tentar esquecer que tenho 22 anos. Enfim...


Comenta aqui!

  1. Adorei o post!
    Gosto imenso da tua sinceridade! Estes livros são, sem dúvidas, livros que ainda não li porque são granditos eheh
    Um grande beijinho

    www.the-banal-girl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Deixaste-me com imensa vontade de ler!

    ResponderEliminar
  3. thedailymiacis18/10/17, 16:27

    Outlander é lindo! Eu li o primeiro no intervalo da primeira série que foi gigante. Depois o segundo li também mas custou me e o terceiro não consegui acabar. Penso que o meu mal é estar a ler em inglês, porque o gaélico por vezes complica um pouco. Mas também porque a história tem um ritmo tão lento que custa a passar.

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© by the library. Design by FCD.